Brasil

Bandeiras tarifárias de energia tem valor reajustado

A bandeira amarela apresentou a maior alta de preço, correspondente a 50%

Por Redação Tupi

A bandeira amarela apresentou a maior alta de preço, correspondente a 50%
(Foto: Reprodução)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o reajuste, nesta terça-feira, do valor das bandeiras tarifárias amarela e vermelha, patamares 1 e 2, válidos a partir do próximo mês de junho.

No patamar 1, a bandeira amarela foi a que apresentou um maior reajuste, equivalente a um aumento de 50% no preço. A partir de junho custará R$ 1,50 cada 100 quilowatts-hora (kWh). Já a bandeira vermelha teve um acréscimo de cerca de 33,3% no preço, passando de R$ 3,00 para R$ 4,00, cada 100 kWh. Enquanto isso, no patamar 2, a bandeira vermelha passou de R$ 5 para R$ 6 por 100 kWh consumidos, uma alta de 20%.

De acordo com André Pepitone, diretor da Aneel, “a revisão é necessária para que não haja um déficit ainda maior em 2019, que terá que ser pago nas tarifas de energia em 2020”. Segundo Pepitone, o déficit para os cofres públicos foi de R$ 4,4 bilhões em 2017 e de aproximadamente R$ 500 milhões em 2018.

Comentários
enquete

Quem deve substituir Casemiro na Seleção?
Carregando ... Carregando ...
recomendadas
AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
Deixe sua mensagem
    Carregando...
24 de Junho de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »