Esportes

Danilo Barcellos sobre cobrança vinda das arquibancadas: ” O torcedor tem direito de fazer o que quiser”

Após ser vaiado, lateral faz o único gol da partida e se torna o herói da vitória cruz-maltina sobre o Ceará por 1 a 0

Foto: Rafael Ribeiro / Vasco.com.br

A vida de Danilo Barcellos na noite desta quinta-feira em São Januário foi uma completa metamorfose ambulante, como diria o cantor e compositor baiano Raul Seixas. O lateral que teve atuação irregular no primeiro tempo do jogo contra o Ceará, estava sendo vaiado pela torcida que compareceu a São Januário, quando conseguiu fazer o gol que tirou o cruz-maltino da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e trouxe mais tranquilidade ao clube que vem vivendo dias de muita turbulência, tanto dentro quanto fora de campo.

O jogador conversou com a reportagem da TV Globo após o apito final do árbitro e falou sobre a sua volta por cima durante a partida. Danilo fez questão de dizer que o torcedor está no direito de vaiar o jogador que quiser. O lateral ainda fez uma reflexão sobre a importância que a massa vascaína tem sobre a equipe. Segundo Danilo, a torcida tem que comprar a ideia do time, para que o Vasco consiga evoluir dentro do Campeonato Brasileiro.

“O torcedor lotou o estádio e tem o direito de fazer o que quiser. Agora está fazendo a festa. O time mostrou uma crescente. Isso que importa. Agora tem uma parada para dar uma tranquilizada e trabalhar. São Januário é bonito quando está assim. Quando o torcedor comprar nossa ideia de vez, de jogadores que estão dando a vida para o clube, a gente vai cada vez melhor no campeonato”, afirmou.

Comentários
enquete

Qual a sua opinião sobre o uso do VAR no Brasileirão?
Carregando ... Carregando ...
recomendadas
AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
Deixe sua mensagem
    Carregando...
21 de Julho de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Fala Garotinho
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
09:30 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »