Copa América

Relembre as quatro vezes em que o Brasil venceu a Copa América em casa

Seleção brasileira conquistou todas as edições da competição que foram realizadas em terras tupiniquins

Por Matheus Emanuel

Foto: Rolando de Freitas/Agência Estado

O Brasil receberá a maior competição do futebol sul-americano em 2019 pela quinta vez desde que o torneio foi criado, em 1916. Antes chamado de Campeonato Sul-Americano, a atual Copa América sempre proporcionou momentos históricos para o futebol brasileiro, revelando jogadores como Ronaldinho Gaúcho e consagrando ídolos como Adriano Imperador. A seleção brasileira nunca viu nenhum outro país celebrar o título da competição em terras tupiniquins, pois conquistou todas as quatro edições disputadas no país em 1919, 1922, 1949 e 1989.

Veja a história dos quatro títulos da seleção brasileira em casa: 

Campeonato Sul-Americano de 1919: 

Foto: Arquivo Nacional

O Brasil recebeu pela primeira vez um torneio de porte internacional no ano de 1919. A fim de receber disputa do terceiro Campeonato Sul-Americano da história no Rio de Janeiro, o Estádio das Laranjeiras foi construído. Na ocasião, Chile, Uruguai e Argentina vieram ao Brasil para disputar o título. Disputada em turno único, a seleção brasileira iniciou o torneio de modo a empolgar o torcedor com uma ótima campanha, vencendo o Chile por 6 a 0, derrotando a Argentina por 3 a 1. Na partida derradeira, o Brasil empatou com o Uruguai por 2 a 2, como a equipe celeste também havia vencido seus outros dois jogos, uma partida de desempate teve que ser realizada. Na grande final, a seleção brasileira acabou faturando o título ao vencer a equipe uruguaia por 1 a 0, com gol de Arthur Friedenreich, que acabou se sagrando artilheira da competição ao lado de Neco, com quatro gols cada.

Jogadores que participaram da conquista: Amílcar, Arlindo,  Arnaldo Bianco,  Carregal,  Dyonísio, Fortes, Friedenreich  Galo,  Haroldo,  Heitor Marcelino, Laís, Marcos de Mendonça, Álvaro Martins, Luiz Menezes, Millon,  Neco,  Palamone,  Picagli, Píndaro,  Primo e Sérgio Técnico : Haroldo Domingues 

Campeonato Sul-Americano de 1922: 

Foto: CBF

A sexta edição do Campeonato Sul-Americano teve um roteiro extremamente semelhante a competição disputada em 1919. Além da sede ser o Brasil, a seleção tupiniquim também conquistou o título com a necessidade de um jogo desempate. Uruguai, Paraguai, Chile e Argentina vieram ao país para a competição. Dessa vez, ao invés de apenas os uruguaios, a seleção paraguaia também teve uma campanha idêntica a da seleção brasileira no turno único. Como a seleção celeste desistiu de disputar o desempate, coube a Brasil e Paraguai decidirem quem seria o campeão do Campeonato Sul-Americano de 1922. Com dois gols de Formiga e um de Neco, a seleção brasileira derrotou os paraguaios por 3 a 0 e conquistou o seu segundo título da competição na história. O argentino Juan Francia foi o artilheiro daquela edição do Campeonato Sul-Americano. Escalação da final: Kuntz, Palamone, Bartó, Amílcar Barbuy, Fortes, Formiga, Neco, Heitor Domingues, Tatu, Rodrigues e Arthur Friedenreich T: Arthur Antunes de Moraes “Laís”.

Campeonato Sul-Americano de 1949: 

Foto: Divulgação

Após sediar o Campeonato Sul-Americano duas vezes em quatro anos, o Brasil só voltou a receber a competição 27 anos depois. Com uma organização mais bem estruturada, o Campeonato se dividiu em cinco sedes: São Januário, General Severiano, Pacaembu, Vila Belmiro e Independência. Oito seleções participaram do torneio: Brasil, Bolívia, Paraguai, Peru, Chile, Equador, Colômbia e Uruguai. Disputado em turno, Brasil e Paraguai terminaram empatados com 12 pontos cada um e fizeram um jogo-extra. A seleção brasileira venceu por 7 a 0 em São Januário com 55 mil expectadores e pôs fim a um jejum de 27 anos sem títulos. Ademir e Tesourinha marcaram três vezes cada, enquanto Jair completou a goleada marcando duas vezes. Este último, foi o artilheiro do torneio com nove gols anotados. Jogadores que participaram da conquista: Ely, Augusto, Mauro Ramos, Danilo Alvim, Barbosa, Noronha, Tesourinha, Zizinho, Ademir Menezes, Jair e Simão

Copa América de 1989: 

Foto: Divulgação / Conmebol

Já carregando o nome de Copa América, o torneio mais importante do futebol sul-americano voltou ao Brasil para a sua quinta edição no país. Dez seleções participaram da disputa e inicialmente se dividiram em dois grupos; Grupo A: Brasil, Paraguai, Colômbia, Peru e Venezuela; Grupo B: Argentina, Uruguai, Chile, Equador e Bolívia. Composta por quatro sedes, a divisão se deu da seguinte forma: Salvador e Recife abrigavam o Grupo A, na Fonte Nova e no Arruda. Goiânia recebeu os jogos do Grupo B no Serra Dourada e a fase final foi disputada no Rio de Janeiro, no Estádio do Maracanã. A seleção brasileira cambaleou na primeira fase e quase foi eliminado de maneira precoce da competição disputada em seu próprio país. A equipe comandada por Sebastião Lazaroni se classificou na segunda colocação atrás da seleção paraguaia. Argentina, Paraguai, Brasil e Uruguai disputaram o quadrangular final. Empatados com a melhor campanha da fase final, O destino quis colocar Brasil e Uruguai frente a frente novamente  no mesmo estádio que consagrou os uruguaios campeões do mundo em 1950, sobre o mesmo Brasil no famoso Maracanazzo. Entretanto, dessa vez o último sorriso foi do povo brasileiro.  Diante de 132.743 torcedores, o Brasil derrotou o Uruguai curiosamente com o mesmo placar da final da Copa do mundo de 1950: 1 a 0. Romário, marcou o único gol da peleja. Bebeto foi o artilheiro do torneio com seis tentos anotados.

Elenco campeão: Taffarel, Zé Carlos , Acácio , Jorginho , Branco , Mazinho , Mozer , Ricardo Rocha, Aldair , Mauro Galvão , André Cruz , Alemão , Dunga , Cristovam, Geovani, Silas, Bismark, Tita , Valdo , Bebeto, Careca, Muller, Romário e Renato Gaúcho. Técnico: Sebastião Lazaroni

Comentários
enquete

Quem deve substituir Casemiro na Seleção?
Carregando ... Carregando ...
recomendadas
AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
Deixe sua mensagem
    Carregando...
24 de Junho de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »