Esportes

Serginho lamenta impotência diante de racismo na Bolívia: “Pior que uma entrada no tornozelo”

Presidente do Blooming, Juan Jordán, concedeu entrevista na última terça-feira e revelou que denunciou o atacante e o Jorge Wilstermann

Por: Redação Tupi 
Foto: Agustín Marcarian / Reuters

Serginho foi alvo de insultos racistas da torcida adversária na derrota do Jorge Wilstermann para o Blooming, no último domingo, pelo Campeonato Boliviano. O jogador brasileiro abandonou o campo aos 40 minutos do segundo tempo. Ele estava prestes a cobrar o escanteio até que decidiu cruzar o gramado e deixar o campo de maneira indignada. O atleta comentou sobre a situação desagradável.

– Sentimento de impotência. A gente fica triste com a situação. Joguei 90 minutos, fora o aquecimento, sendo insultado e ninguém fez nada. Falei uma, duas, três vezes com o árbitro, e ele fez pouco caso. Depois, na última vez, fez uma menção de chamar o capitão do outro time para poder parar. E você fica nessa situação, impotente, sem forças. É uma coisa que machuca. É pior que tomar uma pancada, uma entrada no tornozelo.

Antes de deixar o campo, Serginho já tinha reclamado com a arbitragem. O uruguaio Latorre, do Blooming, pediu para a sua torcida parar com os insultos, mas não adiantou. Na sequência, o brasileira arrancou do meio de campo e quase fez um golaço. Então, os xingamentos continuaram.

– Foi uma atitude que tive que tomar. Quando entrei, já ouvi alguns insultos racistas e procurei me concentrar. O jogo começou, e vi que boa parte da torcida do lado do camarote começou com os insultos. Começou o segundo tempo, fui para o outro lado… até que eu tomei essa decisão. Já tinha falado com o árbitro, que fez pouco caso. Então preferi sair.

O presidente do Blooming, Juan Jordán, concedeu entrevista na última terça-feira e revelou que denunciou Serginho e o Jorge Wilstermann. O dirigente quer a suspensão de um ano do jogador, embora diga que “repudia a discriminação e o racismo”. Em evento da Conmebol, o técnico do Jorge Wilstermann, Miguel Ángel Portugal, saiu em defesa do atacante. O clube boliviano estuda entrar com uma ação contra o Blooming.

Serginho sofreu outros atos de racismo em diferentes estádios bolivianos, mas essa foi a primeira vez que abandonou o campo. No ano passado, também em um estádio de Santa Cruz, Serginho se negou a voltar após o intervalo devido a insultos racistas vindos da arquibancada.

enquete

Se o ingresso para Copa América fosse preço popular você iria ao estádio?
Carregando ... Carregando ...
recomendadas
AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
Deixe sua mensagem
    Carregando...
17 de Junho de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »