Botafogo

Sobrecarga de energia foi o motivo que danificou o VAR na final do Campeonato Carioca

Apuração foi feita pela Hawk Eye, empresa responsável pelo recurso; Federação reforça que estrutura do Estádio Nilton Santos não teve culpa no ocorrido

A Ferj revelou na manhã desta segunda-feira (15) uma explicação sobre a interrupção do funcionamento do VAR no primeiro jogo da final do Estadual, no último domingo, no Estádio Nilton Santos. A empresa responsável pelo árbitro de vídeo, Hawk Eye, apurou que o problema se deu por conta da explosão de um NoBreak, aparelho que, na prática, serviria para evitar o desligamento da aparelhagem em caso de falta de energia. A sobrecarga de energia teria sido o motivo da explosão.

Ainda de acordo com a empresa, todas as providências estão sendo tomadas pensando no Campeonato Brasileiro. A Federação de Futebol do Rio, inclusive, reforçou que o apagão não teve como causa a estrutura do Nilton Santos e que todo o protocolo do VAR foi seguido à risca pelo Botafogo.

O sistema do VAR acabou sendo interrompido por volta dos 28 minutos do segundo tempo e o duelo entre Vasco e Flamengo terminou sem a utilização do sistema. Por sorte, nenhum lance polêmico pedia a utilização do equipamento.

enquete

Você gostou da estreia do Brasil na Copa América?
Carregando ... Carregando ...
recomendadas
AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
Deixe sua mensagem
    Carregando...
16 de Junho de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »