08/02/19 - 07:46

Incêndio atinge o Ninho do Urubu e deixa 10 mortos

Fogo começou em alojamento do Centro de Treinamento

Foto: TV Globo

Um incêndio atingiu o Centro de Treinamento do Clube de Regatas do Flamengo, o Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio, por voltas das 5h desta sexta-feira (8).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o quartel do Recreio foi acionado para local. As chamas atingiram um alojamento e 10 pessoas morreram. De acordo com as primeiras informações, as vítimas dormiam no local e teriam entre 14 e 17 anos. Outras três pessoas ficaram gravemente feridas e foram socorridas para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, também na Zona Oeste.

Foto: Reprodução/Internet

Segundo a direção do Hospital Municipal Lourenço Jorge, o quadro de saúde de Cauan Emanuel Gomes e Franscisco Diogo, de 15 anos, é estável e Jhonatan Cruz Ventura, de 16, passa por cirurgia e seu estado de saúde é gravíssimo. Após a cirurgia, ele será transferido para o Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Municipal Pedro II, em Santa Cruz.

De acordo a 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), um inquérito policial foi instaurado para apurar as causas do incêndio. A perícia foi acionada para o local e testemunhas serão ouvidas. Os corpos serão encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML).

O Governo do Rio decretou luto oficial de três e afirmou que vai prestar toda ajuda aos familiares, já que muitos jovens não são do Rio. Em sua conta no Twitter, o governador Wilson Witzel, lamentou o acidente. “Deixo aqui minhas condolências aos familiares e amigos dos 10 jovens, vítimas do incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo, em Vargem Grande. Esses atletas seriam o futuro do nosso futebol. Aguardo investigação minuciosa sobre o fato. Que Deus dê força e conforto às famílias.” 

A Prefeitura do Rio lamentou a tragédia e decretou luto oficial por mais três dias. O prefeito Marcelo Crivella colocou a Prefeitura à disposição da diretoria da agremiação do clube para o atendimento das vítimas do incêndio. Em nota, Crivella expressou profundo pesar e presta solidariedade às famílias das vítimas. O vice-presidente, General Hamilton Mourão, disse em sua conta no Twitter, que lamenta profundamente a tragédia. Ele destacou que como torcedor e esportista se solidariza com as famílias.

 

0 comentários