Brasil

Depois de Toffoli mudar o voto, STF estende imunidade de prisão a deputados estaduais

A partir de agora, as assembleias estaduais podem revogar as condenações de deputados estaduais decretadas pela Justiça

Imagem: Reprodução

Por: Redação Tupi

Na manhã desta quarta-feira, o plenário da Corte do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu estender a imunidade de prisão a deputados estaduais. A decisão ocorreu após a mudança de voto do presidente do STF, ministro Dias Toffoli.

A partir de agora, deputados estaduais só poderão ser presos, caso sejam pegos em flagrante ou em caso de crimes inafiançáveis – mesma regra que, até então, só era válida para deputados federais e senadores.

Votaram a favor da extensão da imunidade: os ministros Dias Toffoli, Marco Aurélio Mello, Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Ricardo Lewandowski. Os que votaram contra foram: Edson Fachin, Rosa Weber, Luiz Fux e Cármen Lúcia e Luís Roberto Barroso.

André Corrêa do DEM, Chiquinho da Mangueira do PSC, Luiz Martins do PDT, Marcus Abrahão do Avante e Marcus Vinicius “Neskau” do PTB, que foram presos em novembro de 2018 na Operação Furna da Onça, vão poder recorrer à Justiça.

enquete

Você concorda que não tem nada demais se envolver com os amigos da filha, desde que ambos estejam solteiros?
Carregando ... Carregando ...
recomendadas
AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
Deixe sua mensagem
    Carregando...
16 de Julho de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »