Brasil

Mourão diz que ministro da Educação precisa explicar ‘direitinho’ os cortes na pasta

Ele ainda disse que os atos que ocorrem por todo o país hoje são, sim, democráticos

Por Redação Tupi

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

No início da tarde desta quarta-feira, o presidente em exercício Hamilton Mourão disse que os atos contra os cortes no Ministério da Educação são parte de um sistema democrático. E depois ainda incluiu que o ministro da pasta, Abraham Weintraub, precisa “explicar direitinho” o que, de fato, são esses cortes.

— A manifestação faz parte do sistema democrático, desde que seja pacífica, ordeira e não limite o direito de ir e vir das outras pessoas, é uma forma que aqueles que se sentem inconformados têm de apresentar o seu protesto. Então, normal”, declarou Mourão.

Em relação aos bloqueios orçamentários que vão entre 30% a 40% nas instituições de ensino federais por todo o país, Mourão disse que, na verdade, não são corte, mas, sim, um “contingenciamento”. E ainda ressaltou a falha na comunicação do ministro Weintraub.

“O que existe não é corte, é contingenciamento, que ocorreu ao longo de todos os governos. Aliás, a única exceção foi o ano passado que o presidente (Michel) Temer liberou o orçamento em fevereiro, todo o orçamento foi liberado. (Weintraub) precisa, como acabei de explicar para vocês agora. Eu acho que se o ministro souber explicar direitinho, acho que vocês entenderam o que eu quis transmitir aqui, as coisas como estão acontecendo. Então, nós temos falhado na nossa comunicação, e agora é uma oportunidade, lá dentro do Congresso, que o ministro vai ter para explicar isso tudo”.

 

 

Comentários
enquete

Qual é a maior revelação do Fluminense? João Pedro ou Pedro.
Carregando ... Carregando ...
recomendadas
AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
Deixe sua mensagem
    Carregando...
26 de Maio de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »