Baixada Fluminense

Aumentam os casos de violência religiosa na Baixada Fluminense

Há cerca de 15 dias, um terreiro de umbanda foi incendiado em Nova Iguaçu, no bairro Carlos Sampaio

Por Milena Coutinho

Foto: Reprodução Internet

A violência e a intolerância contra templos religiosos de matriz africana tem sido constantes na região da Baixada Fluminense. Há cerca de 15 dias, um terreiro de umbanda foi incendiado em Nova Iguaçu, no bairro Carlos Sampaio. Segundo os bombeiros, o incêndio durou quase duas horas e os agentes tiveram trabalho para apagar as chamas.

O caso chegou à Comissão de Combate à Intolerância Religiosa, através da Agen Afro, mídia militante que sempre divulga e traz à tona casos de intolerância religiosa. Por meio de nota, a Prefeitura de Nova Iguaçu informou que repudia qualquer ato de violência e intolerância religiosa. Segundo a nota, tão logo ocorreu o incêndio, uma equipe da Diretoria de Direitos Humanos da Secretaria Municipal de Assistência Social foi enviada ao local para prestar atendimento.

O caso foi registrado na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância Religiosa, uma parceria entre os governos municipal e estadual que oferece assistência social, jurídica e psicológica para vítimas de preconceito religioso.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »