Baixada Fluminense

Cidades da Baixada Fluminense têm altas taxas de letalidade pela Covid-19

Dois municípios têm as maiores taxas da região, com 13,5% e 12,8%

Por Milena Coutinho

Foto: Reprodução Internet

Depois de um período de baixa adesão à quarentena, seguido pela flexibilização nas medidas de isolamento, é possível ver um número cada vez maior de pessoas circulando sem máscaras e igonorando as normas de distanciamento em algumas cidades da Baixada Fluminense.

No último mês, o número de mortos pela Covid-19 na região já passava de 3.100 e, o de casos já ultrapassava os 48 mil. Além disso, a Baixada Fluminense possui seis municípios entre os dez com as maiores taxas de letalidade em todo o estado, segundo estudo da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Pesquisadores da instituição elaboraram o Atlas da Evolução da Pandemia na Região Metropolitana do estado. O documento mostra que as cidades de Nilópolis e São João de Meriti têm as maiores taxas de letalidade da Baixada, com 13,5% e 12,8% respectivamente. Os dois municípios só ficam atrás, no estado, para a cidade de Rio das Ostras.

Belford Roxo é a terceira cidade da Baixada com menor taxa de letalidade. Para o cálculo, o estudo leva em consideração o número de óbitos multiplicado por 100 e dividido pelo número de casos.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »