Baixada Fluminense

Ex-presidente da Câmara de Belford Roxo é preso suspeito de ser mandante de homicídios

Marcinho Bombeiro é acusado de chefiar uma milícia, conhecida como a Tropa do Marcinho

Por Redação Tupi

Marcinho Bombeiro é acusado de chefiar uma milícia, conhecida como a Tropa do Marcinho
(Foto: Reprodução/Facebook)

O ex-presidente da Câmara de Vereadores de Belford Roxo, Márcio Cardoso Pagniez, conhecido como Marcinho Bombeiro (PSL), foi preso na manhã desta terça-feira pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense e agentes da Delegacia de Belford Roxo. Ele é apontado como mandante de dois homicídios no município. As vítimas teriam sido mortas por estarem fumando maconha dentro de uma casa.

Segundo a denúncia do Ministério Público, três pessoas estavam em Heliópolis, Belford Roxo, quando foram baleadas. Duas delas morreram. É dito na denúncia que as vítimas foram mortas a mando de Marcinho Bombeiro. O crime aconteceu em 14 de abril de 2017.

Há informações de que o vereador teria tentado, nas últimas semanas, matar o sobrevivente. Contra ele, também há acusações de chefiar uma milícia, conhecida como a Tropa do Marcinho, e também de cometer crime ambiental. Em setembro, Marcinho Bombeiro deixou o cargo e comunicou a decisão do afastamento através de uma mensagem de WhatsApp.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Fevereiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »