Baixada Fluminense

Ministério Público Federal pede reparação às vítimas de ataques a terreiros na Baixada Fluminense

Foco está em municípios da Baixada Fluminense

Por Redação Tupi

(Foto/Divulgação Colecionador de Sacis)

O Ministério Público Federal (MPF) expediu duas recomendações a órgãos municipais, estaduais e federais para que sejam adotadas medidas de reparação às vítimas de atos de intolerância e violência religiosa nos municípios de Duque de Caxias e Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A recomendação foi encaminhada à Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (União), à Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos do Estado do Rio de Janeiro e às Prefeituras de Duque de Caxias e Nova Iguaçu.

Segundo os documentos, o órgão sugeriu que a Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial estipule, em até 60 dias, políticas de reparação às lideranças religiosas que sofreram ataques e ameaças e, ressalta a necessidade do estabelecimento de compensações pelos danos sofridos e formas simbólicas de reparação.

Em relação à Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, foi recomendada a implementação de projetos que ainda não saíram do papel, que tratem da assistência e do atendimento às vítimas de intolerância e violência religiosa, com foco especial para a Baixada Fluminense, nos Municípios de Duque de Caxias e Nova Iguaçu.

O MPF propôs a criação de espaços de valorização e debate acerca da pluralidade religiosa, por meio de realização de eventos e discussões em áreas centrais da cidade, além do estabelecimento de medidas de memória do culto religioso de matriz africana.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
31 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »