Baixada Fluminense

Municípios da Baixada Fluminense têm saldo negativo de postos de empregos

Por outro lado, entre as cidades que começaram a se recuperar estão Duque de Caxias e Nova Iguaçu

Por Milena Coutinho

Foto: Reprodução Internet

Desde o início da pandemia do novo Coronavírus, em março, até o mês de agosto, os municípios da Baixada Fluminense tiveram um saldo negativo de 12.239 postos de empregos formais, nos setores de agropecuária, indústria e construção, comércio e serviços. O levantamento foi feito pelo Firjan, através da plataforma Retratos Regionais.

O estudo aponta um número maior de demissões entre os meses de março e junho, no setor de serviços, seguido pelo de comércio e indústria. A plataforma analisou os meses de janeiro e agosto. De março a junho, na Baixada, o setor de comércio teve um saldo negativo de mais de seis mil empregos formais. No setor de serviços foram 6.700.

Por outro lado, entre as cidades que começaram a se recuperar estão Duque de Caxias e Nova Iguaçu. Somente em agosto, a cidade iguaçuana teve um saldo positivo de 465 empregos. Duque de Caxias se destacou ainda mais com 2.112 novos postos de trabalho.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »