Baixada Fluminense

Operação contra milícia que atua em Nova Iguaçu tenta prender 32 pessoas

Polícia afirma que o grupo criminoso matou 20 pessoas para que pontos de mototáxi da região fossem dominados

Por Redação Tupi

(Foto: Divulgação / PCERJ)

Pelo menos quinze pessoas já foram presas na mega-operação conjunta da Polícia Civil Ministério Público, que acontece neste momento, contra uma das maiores milícias da cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e quatro delas já estão detidas na sede DHBF.

Ao todo, 32 mandados de prisão e 71 de busca e apreensão estão sendo cumpridos, e entre os principais alvos, estão policiais militares envolvidos diretamente com a organização criminosa que controlava o bairro de Austin.

As investigações apontam que, Vladimir Guimarães Ferreira, um ex-PM que estava preso por envolvimento com a milícia, e Luiz Fernando Cardoso de Loiola, um cabo da Polícia Militar, lotado no batalhão de Belford Roxo, seriam os líderes do grupo, dando ordens para executar inimigos, além de controlar as atividades de transportes e serviços de internet na região.

O cabo da PM Cristiano de Oliveira Gouvêa, também lotado no batalhão de Belford Roxo, e o soldado Leonardo Domingues Nascimento, lotado no batalhão da Praça da Harmonia, Região Central do Rio de Janeiro, são apontados como membros ativos da quadrilha e tiveram a prisão decretada.

Cerca de 400 agentes da delegacia de homicídios da Baixada Fluminense e do GAECO participam da operação, com a ajuda de representantes da corregedoria da Polícia Militar.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Domingo Show
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
12:00 - Bola em Jogo
06:00 - Ele & Ela
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »