Baixada Fluminense

Sistema alerta para desastres naturais em cachoeiras e rios de Guapimirim

Em 2008, sete pessoas morreram na cidade após uma cabeça d’água atingir o Rio Soberbo

Por Milena Coutinho

Foto: Reprodução Internet

Desde o início do ano, a cidade de Guapimirim, na Baixada Fluminense, passou a contar com um novo sistema de alerta sonoro para desastres naturais. A Prefeitura instalou sirenes em cachoeiras, poços e regiões que, durante o verão, costumam ser atingidas por enxurradas ou cabeças d’água. A cidade é muito procurada nesta época do ano por visitantes em busca do chamado turismo verde, só que, a maioria, não reconhece os sinais que a natureza dá quando está próximo de acontecer um desastre.

 

Segundo a Prefeitura, ao todo, são seis equipamentos de alerta instalados em locais estratégicos. Os primeiros a receber o sistema foram a Cachoeira do Escorrega e o Vale da Lua, na Barreira, e a Rua Mangaratiba, em um ponto próximo à ponte sobre o Rio Soberbo, no centro da cidade. Em seguida, será a vez do Poço da Laje e da Cachoeira do Limoeiro.

 

O novo sistema atua em conjunto com um trabalho preventivo feito no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, que agiliza as ações e a comunicação com a população de Guapimirim sobre a ocorrência de chuvas fortes na parte mais alta da serra, que afetam diretamente as cachoeiras e rios do município. Em 2008, sete pessoas morreram na cidade após uma cabeça d’água atingir o Rio Soberbo. De acordo com o Corpo do Bombeiros, o grupo visitava uma das cachoeiras da região quando foi surpreendido por uma forte enxurrada.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
14 de Fevereiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »