Bienal do Livro

Hélio de La Peña ressalta que a Bienal representa acesso e oportunidade para o brasileiro

O humorista lançou dois livros na plataforma ubook

Por Monique Guimarães

A décima nona Bienal Internacional do Livro no Rio, que acontece no Riocentro, na Barra da Tijuca, está no seu sexto dia e apesar da forte chuva que atinge a cidade um grande público está presente no local, participando das atividades culturais, debates, além de bate-papos com personalidades e escritores. Neste ano, o evento traz grandes novidades, incluindo a participação de referências musicais e literárias brasileiras, como o cartunista e ‘pai’ da Turma da Mônica, Maurício de Sousa e a cantora Elza Soares.

Durante o dia, o humorista Hélio de la peña, conhecido pela participação no programa caceta e planeta também esteve presente no evento para falar sobre seus dois livros lançados, “Vai na bola glanderson” e “O livro do papai”, que esta disponível na plataforma ubook, onde é possível escutar os livros ao invés de ler. Para Hélio, a bienal pode abrir caminhos para as pessoas ingressarem no mundo da literatura.

“Esse evento é fundamental, porque você vê o interessa da população na literatura. O brasileiro precisa de oportunidade e acesso, aqui os preços são baratos, muita gente vem aqui porque não tem uma boa livraria perto de casa, e aqui ele pode encontrar muito temas variados, um mundo de livros”, disse Hélio.

 

Comentários
enquete

Vale a pena se tornar vegetariano só para agradar o (a) parceiro (a)?
Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »