Bienal do Livro

Vítimas do massacre de Realengo participam da Bienal

Sobreviventes e familiares participaram da feira literária na tarde deste sábado

Foto: Divulgação

Sobreviventes do Massacre de Realengo, ocorrido em abril de 2011, estiveram na Bienal do Livo, neste sábado, 07/09. O grupo, que além da presença dos ex-alunos da Escola Tasso da Silveira, contou com a participação de mães de vítimas fatais da tragédia.

Entre os 14 presentes, estavam Tayane Tavares, de 22 anos, que ficou paraplégica após o ataque. Hoje, ela é estudante de Direito. Além da sobrevivente, também esteve presente Adriana Silveira, mãe de Luisa Paula, que morreu durante o massacre.

Todos foram ao evento a convite do jornalista e escritor Robson Machado, que realizava uma sessão de autógrafos do livro “O andar invisível”, lançado no Brasil e em Portugal.

O Massacre de Realengo aconteceu em 7 de abril de 2011, na Escola Tasso da Silveira. Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, invadiu a escola armado com dois revólveres e começou a disparar contra os alunos presentes, doze deles, com idade entre 13 e 16 anos, morreram e 22 feridos ficaram feridos.

Comentários
enquete

Os homens devem experimentar ser 'donos de casa' para ver o trabalho que dá?
Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »