Brasil

Bolsonaro critica ação do STF sobre inquérito das ‘fake news’ e diz que tudo tem limite: ‘acabou, p*rra’

Presidente perdeu a paciência com a imprensa durante pronunciamento em frente ao Palácio Alvorada

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução / CNN Brasil)

Jair Bolsonaro perdeu a paciência durante um pronunciamento em frente ao Palácio da Alvorada, na manhã desta quinta-feira (28). Durante a fala, o presidente disse que a operação realizada pela Polícia Federal autorizada pelo STF nesta semana no inquérito da ‘fake news’ é inadmissível e que tudo tem um limite. Bolsonaro chegou a falar um palavrão para dizer que a situação vai acabar e questionou sobre as decisões monocráticas do Supremo.

“As coisas têm limite. Ontem foi o último dia e peço a Deus que ilumine as poucas pessoas que ousam se julgar mais poderosas que outros que se coloquem no seu devido lugar, que respeitamos. E dizer mais: não podemos falar em democracia sem judiciário independente, legislativo independente para que possam tomar decisões. Não monocraticamente, mas de modo que seja ouvido o colegiado. Acabou, p*rra”, disse o presidente em durante o discurso para a imprensa.

“Me desculpem o desabafo, mas não dá para assistir atitudes individuais de certas pessoas, tomando de forma quase pessoal certas ações. Somos um país livre, e vamos continuar mesmo com sacrifício da vida. Peço a todos meus colegas que vamos buscar entendimento. Não vamos permitir que uma pessoa tome decisões no nome de todos”, finalizou.

Confira abaixo mais algumas das declarações do presidente:

“Me apontem uma fake news que eu fiz. A liberdade de imprensa precisa ser respeitada. Não teremos outro dia como o de ontem, chega!”

“Essa cadeira presencial não é fácil, acreditem!  Eu não suporto a esquerda, mas aturo!!”

“Eu peço a Deus que ilumine a todos de Brasília”

“Tomamos medidas que salvaram o nosso país do Caos. Porque um homem com fome age, muitas vezes, sem razão. Vocês querem o que está acontecendo com nossos vizinhos, vejam o que aconteceu com a Venezuela e a Argentina.”

“Eu vou lutar com as armas da democracia!”

“Pelo amor de Deus (3 VEZES) eu peço que reflitam . Eu poderia ter destruído a fita!”

“Ele é o culpado.”

“O criminoso não é o Weitraub, não é o Salles, não é nenhum de nós, é de quem suspendeu o sigilo de reunião que foi chancelada como secreta.”

“O Brasil é um só, todos nós queremos paz liberdade e democracia.”

“Vocês da imprensa, citou alguns entre eles o Uol, o chefe de vocês reduziu em 25% o salário de vocês e vai reduzir de novo. Eu to falando alguma mentira?”

“Peço a Deus que ilumine todos nós, inclusive eu!!! Para que tomemos decisões sensatas.”

“Nós não podemos sozinhos julgar e condenar.”

“Não foi justo o que aconteceu no dia de ontem!!! Pelo amor de Deus vamos entender que nós todos temos um patrão. E acima das nossas vidas temos uma coisa a zelar é a nossa liberdade! Não podemos abrir mão nem um milímetro dela.”

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »