Brasil

Bolsonaro e comitiva presidencial são submetidos a testes para identificar coronavírus

Além do presidente, passaram por exames a primeira-dama Michelle, o deputado Eduardo Bolsonaro, o ministro da Defesa Fernando Azevedo e Silva e o chefe do Gabinete de Segurança Augusto Heleno

Por Redação Tupi

Além do presidente, passaram por exames a primeira-dama Michelle, o deputado Eduardo Bolsonaro, o ministro da Defesa Fernando Azevedo e Silva e o chefe do Gabinete de Segurança Augusto Heleno
(Foto: Alan Santos/Presidência da República)

Depois do secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, ser diagnosticado com coronavírus, o presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido), e toda a comitiva que viajou para os Estados Unidos, foram submetidos a exames, na tarde desta quinta-feira, para identificar possíveis outros casos da doença. Além do chefe de Estado, passaram pelos testes a primeira-dama Michelle, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o ministro da Defesa Fernando Azevedo e Silva e o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) Augusto Heleno.

Por meio de perfil oficial no Twitter, Eduardo Bolsonaro confirmou que uma equipe do Hospital das Forças Armadas (HFA) esteve presente no Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente, para coletar amostras para teste. “Pres. Bolsonaro fez teste para coronavírus e aguarda o resultado. Porém, o Presidente não tem sintomas da doença”, escreveu no microblog. Segundo o parlamentar, o resultado dos exames deve sair na próxima sexta-feira.

Também por meio das redes sociais, o Ministério das Relações Exteriores informou que o ministro Ernesto Araújo, após tomar conhecimento que Wajngarten contraiu coronavírus, cancelou o restante da sua agenda em Washington e retornará ainda nesta quinta para Brasília, “onde fará teste para o vírus e seguirá todos os procedimentos sanitários”.

Outros integrantes da comitiva, que retornaram para o Brasil na terça-feira, como o senador Nelsinho Trad (PSD-MS), também passaram por exames na manhã desta quinta. O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), que também estava na viagem presidencial, “decidiu realizar espontaneamente testes preventivos”.

“A mesma medida foi adotada pelo diretor-presidente da Invest Paraná (Agência Paraná de Desenvolvimento), Eduardo Bekin, que também esteve na viagem aos Estados Unidos”, disse comunicado oficial do governo paranaense.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
08 de Abril de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »