Brasil

Bolsonaro veta repasse de R$ 8,6 bilhões no combate ao coronavírus

Entre os trechos vetados está a repartição do dinheiro entre estados e municípios para a compra de materiais de prevenção à pandemia

Por Redação Tupi

(Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou uma lei que vetou o Fundo de Reservas Monetárias (FRM), de cerca de R$ 8,6 bilhões, para o combate ao novo coronavírus. No Diário Oficial da União, publicado nesta quarta-feira, o governo diz que a proposta dos parlamentares diverge do ato original da MP (medida provisória) sobre o tema.

O Congresso Nacional tinha aprovado a destinação do dinheiro em maio durante a análise de medida provisória editada por Bolsonaro e que extinguiu o fundo. Além da repartição do dinheiro entre estados e municípios para a compra de materiais de prevenção à pandemia, o presidente também vetou outros trechos do texto aprovado pelos parlamentares.

O presidente sancionou apenas a parte da lei que extingue o fundo, que já estava inativo. Criado em 1966, o FRM era abastecido com reservas do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), usadas para intervenção nos mercados de câmbio e na assistência a bancos e instituições financeiras.

Agora, cabe ao Congresso analisar o veto presidencial, que poderá ser mantido ou derrubado. Não há ainda previsão de quando a questão será analisada pelos parlamentares. Durante a tramitação na Câmara e no Senado, o projeto havia sido aprovado com grande consenso.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »