Brasil

Conselho de Ética da Câmara arquiva processos contra dois deputados do PSL

Partido havia representado contra os parlamentares durante disputa pela liderança da legenda em 2019

Por Redação Tupi

Foto:Gustavo Sales/Câmara dos Deputados

Integrantes do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados decidiram nesta quinta-feira (4) arquivar dois processos por quebra de decoro contra membros do PSL. Os processos foram abertos a pedido do próprio partido, por causa de manifestações, em redes sociais e na imprensa, durante a disputa pela liderança da legenda, no final de 2019.

O deputado Carlos Jordy (PSL-RJ) foi acusado pelo partido de atacar a honra dos colegas em mensagem postada em uma rede social (REP 18/19). Em sessão do Conselho de Ética realizada na terça-feira (2), ele já tinha feito sua defesa. Jordy argumentou que não houve nenhum comportamento incompatível com a conduta de um deputado e apontou uso político do Conselho de Ética.

“Até sugiro que possamos fazer uma alteração no Regimento, para que, no momento de uma representação em que não houver o mínimo de conjunto indiciário, o mínimo de conjunto probatório, que não se aceite uma representação, porque a gente acaba perdendo tempo, utilizando a estrutura da Câmara, luz, tudo o mais, à toa”, argumentou.

O relator do processo, deputado Gilson Marques (Novo-SC), recomendou o arquivamento da representação, invocando a imunidade parlamentar, sugestão confirmada pela votação dos integrantes do colegiado.

Comentários
enquete

Quem você acha que o Caio vai votar hoje no BBB 21?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
11 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »