Conecte-se conosco

Brasil

Edson Fachin nega pedido de adiamento da convenção do MDB que vai decidir sobre candidatura de Simone Tebet

Pedido de adiamento foi proposto por Hugo Wanderley Caju eleito delegado da convenção nacional

Publicado

em

(Foto: Reprodução / Facebook)

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Edson Fachin, negou o pedido de adiamento da convenção do MDB, que oficializará a candidatura de Simone Tebet à Presidência e será realizada amanhã, quarta-feira.

A ala lulista do partido havia protocolado ação pedindo o adiamento da convenção virtual alegando “grave irregularidade” relacionada ao sigilo do voto. Com a decisão do ministro, a convenção vai ocorrer de forma virtual nesta quarta-feira.

O MDB decidiu fazer a convenção de forma virtual, a pretexto de cortar custos, mas também para controlar as alas dissidentes que não querem a candidatura própria e desejam dividir palanque com o candidato do Partido dos Trabalhadores, Luis Inácio Lula da Silva.

O pedido de adiamento foi proposto por Hugo Wanderley Caju eleito delegado da convenção nacional. Ele faz parte do diretório de Alagoas, que é dominado por Renan Calheiros.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.