Brasil

Em depoimento à CPI da Covid, Witzel diz que corre risco de morte

Ex-governador também alegou que seu impeachment foi financiado por uma máfia na área de saúde

Por Eduarda Delorme

Ex-governador do Rio, Wilson Witzel depõe na CPI da Covid
Ex-governador do Rio, Wilson Witzel depõe na CPI da Covid (Foto: Reprodução/TV Senado)

Na manhã desta quarta-feira (16), o ex-governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, compareceu ao Senado para prestar depoimento à CPI da Covid. Witzel afirmou que ele e sua família correm risco de morte e que seu impeachment foi financiado pelas Organizações Sociais (OSs) sob investigação na sua gestão. Segundo ele, o processo que o tirou do poder executivo estadual foi acelerado e sem respeito às regras legais, e que foi cassado no que considera um “tribunal de exceção”.

Witzel também disse que as investigações sobre irregularidades em contratos com OSs foram interrompidas após o encerramento do processo que o tirou do comando do estado. O ex-governador pediu que os senadores da CPI investigassem as OSs que atuam na área da saúde no Rio de Janeiro.

Witzel ainda usou seu depoimento para relatar que a relação dos governos estaduais com Bolsonaro foi muito ruim durante a pandemia, e que o número de mortos poderia ser bem menor se todas as esferas do governo tivessem trabalhado em conjunto. Segundo ele, o governo federal não deu apoio aos governadores e prefeitos para que as orientações técnicas de contenção da pandemia fossem seguidas.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
01 de Agosto de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
12:00 - Bola em Jogo
20:00 - Conexão Tupi
10:00 - De Frente Com Elas
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »