Brasil

Flordelis é suspensa pelo Partido Social Democrático

Parlamentar foi apontada como mandante da morte do pastor Anderson do Carmo, assassinado em junho de 2019.

Por Redação Tupi

(Foto: Celia Viana / Câmara)

O Partido Social Democrático anunciou, na manhã desta segunda-feira (24), a suspensão da deputada federal Flordelis. O anúncio foi feito após a conclusão do inquérito que investigava a morte do pastor Anderson do Carmo executado em 16 de junho de 2019. A parlamentar foi apontada como a mandante do crime.

“Diante do indiciamento da parlamentar, o corpo jurídico do partido adotará as medidas para a suspensão imediata de sua filiação e, a partir dos desdobramentos perante a Justiça, serão adotadas as medidas estatutárias para a expulsão da parlamentar dos seus quadros”, disse em nota o presidente do PSD, Gilberto Kassab.

Flordelis não pôde ser presa por estar em exercício de mandato de deputada federal. Nestes casos, a Constituição proíbe a prisão cautelar que não seja a prisão em flagrante. Ela foi indiciada pelo crime de homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio, falsidade ideológica, uso de documento falso e organização criminosa majorada.

Durante a operação realizada, na manhã desta segunda-feira (24), pela Polícia Civil e o Ministério Público, nove pessoas foram presas. Entre os detidos estão cinco filhos do casal, uma neta da deputada e a esposa de um ex-policial militar.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »