Brasil

Goleiro Bruno entra para o regime semiaberto e pode deixar a cadeia nesta sexta-feira

Bruno foi o responsável pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samúdio e pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho

Por Redação Tupi

Bruno foi o responsável pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samúdio e pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho
(Foto: Montagem/ Reprodução)

O goleiro Bruno Fernandes pode deixar a prisão a qualquer momento. Preso no ano de 2010, e condenado em 2013, Bruno conseguiu o direito a ir para o regime semiaberto, em decisão da 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais da Comarca de Varginha, publicada na última quinta-feira, que pode ser executada ainda nesta sexta-feira.

Bruno foi o responsável pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samúdio e pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho. O crime aconteceu no ano de 2010, e o corpo da vítima nunca foi encontrado. Ele foi detido e levado para a Penitenciária Nelson Hungria em julho daquele ano, sendo pouco tempo depois dispensado do clube no qual jogava, o Flamengo.

A condenação em primeira instância veio em março de 2013, quando recebeu a pena de 20 anos e 9 meses de prisão, após a prescrição do crime de ocultação de cadáver, da qual também era julgado. Atualmente, o goleiro já cumpriu um terço da sentença.

O juiz Tarciso Moreira de Souza, que concedeu o semiaberto à Bruno, afirmou no texto da decisão: “A presunção é de que o reeducando já se encontra apto à reinserção à vida social, o que foi observado pelo atestado de conduta carcerária, sendo demostrado que as condições subjetivas estão satisfeitas, não havendo comunicação de eventual falta grave ou incidente no comportamento do reeducando”.



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
14 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »