Brasil

Governador de PE afirma que ação federal contra o óleo no nordeste só melhorou com Mourão

Vice-presidente assumiu nesta semana a Presidência

Por Redação Tupi

Reprodução

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), afirmou que o desastre ambiental no nordeste se agravou pela demora do governo federal. Segundo o político, a situação só mudou após o vice-presidente Mourão assumir a Presidência nesta semana, já que Jair Bolsonaro está na Ásia.

“Essa priorização com mais efetividade, a gente só conseguiu ver da última segunda pra cá, quando o presidente em exercício anunciou reforço [de 5.000 homens do Exército] para cuidar desses vazamentos”, disse ele.

O litoral nordestino está tomado de manchas de petróleo que estão se espalhando pelos principais pontos turísticos da região, como as praias de Ponta Grossa, Redoma e Jericoacoara, no Ceará, Boa Viagem, Porto de Galinhas e Praia dos Carneiros, no Recife, e a Foz do Rio São Francisco, em Sergipe.

As manchas já atingiram mais de 2.250 quilômetros de costa, que compreendem os nove estados nordestinos. De acordo com o Ibama, esse é o maior acidente ambiental da história do litoral brasileiro em termos de extensão.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Fevereiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »