Brasil

Lei que institui carteira nacional do autista é sancionada

PL ficou conhecida como Lei Romeo Mion, que é portador de autismo e filho do apresentador de TV Marcos Mion.

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

A lei que institui a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira (08).

De acordo com a Agência Brasil, com o documento, essa população passa a ter prioridade de atendimento em serviços públicos e privados, em especial nas áreas de saúde, educação e assistência social.

O projeto de lei ficou conhecida como Lei Romeo Mion, que é portador de autismo e filho do apresentador de TV Marcos Mion.

Jair Bolsonaro divulgou a sanção da lei oom uma fotografia ao lado do apresentador pelo Twitter.

“Sancionada hoje a Lei 13.977 (Romeo Mion), que cria Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea). A referida carteira é gratuita e garante prioridade nas áreas de saúde, educação e assistência social.”, escreveu o presidente.

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é uma disfunção neurológica cujos sintomas englobam diferentes características como a dificuldade de comunicação por deficiência no domínio da linguagem.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Janeiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »