Brasil

Marcelo Queiroga volta a defender fim da obrigatoriedade das máscaras

Para o ministro, a atual legislação que prevê a obrigatoriedade do uso da proteção é pouco efetiva

Por Marcos Antonio de Jesus

Marcelo Queiroga participa da vacinação contra a covid-19, na llha de Paquetá (Foto: Cyro Neves/ Divulgação: Super Rádio Tupi)
(Foto: Cyro Neves/ Super Rádio Tupi)

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, defende o fim da obrigatoriedade de uso de máscaras como forma de proteção contra o coronavírus. Segundo ele, com o avanço da vacinação no país, o uso de máscara deve ser facultativo e apenas nos lugares em que haja concentração de pessoas.

Para o ministro, a atual legislação que prevê a obrigatoriedade do uso das máscaras é pouco efetiva. Marcelo Queiroga não informou ainda quando o governo deve divulgar um parecer técnico recomendando o término da imposição. De acordo com ele, “a ideia é fazer isso de forma gradual”.

O ministro pediu que estados e municípios não tentem se antecipar ao governo federal, por mais que cada ente federativo tenha um momento epidemiológico diferente. Segundo Queiroga, é importante que todos aguardem a recomendação da Saúde para desobrigar o uso das máscaras.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »