Brasil

Ministério da Saúde faz alerta sobre vacina contra a febre amarela

Por Redação Tupi

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Ministério da saúde volta a detectar a presença do vírus da Febre Amarela em macacos nas regiões sul e sudeste do país. O alerta chama a atenção da população para a necessidade de se imunizar contra a doença que pode voltar a atingir humanos.

Não é só o sol forte e a alta temperatura que chegam no Verão dos trópicos, os mosquitos transmissores de várias doenças, também aportam por aqui, e a Febre Amarela é uma delas. Depois das mortes por Febre Amarela, de 38 macacos , sendo trinta e quatro, no estado do Paraná, três, em São Paulo e um, em Santa Catarina, publicadas no boletim epidemiológico do Ministério da Saúde nesta quarta-feira, o órgão iniciou uma campanha para que pessoas, de nove meses a 59 anos de idade, que ainda não se vacinaram, possam comparecer a um posto de saúde e tomar a dose da vacina.

A reportagem da Super Rádio Tupi conversou com o médico da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, Alexandre Chieppe, sobre o controle da propagação do vírus  e as campanhas para alertar a população.

O doutor Alexandre destaca também os grandes desafios para o enfrentamento da doença.

De Julho de 2019 a oito de Janeiro deste ano, o Ministério da Saúde monitorou os casos de Febre Amarela e registrou cerca de mil e oitenta mortes suspeitas de macacos no Brasil. No mesmo período, em humanos, houve trezentos e vinte e sete casos suspeitos da doença, destes, cinqüenta permanecem em investigação. Apesar do ciclo silvestre de transmissão, envolvendo macacos e mosquitos, o engenheiro florestal, Paulo Schiavo, chama a atenção para a importância do macaco neste ciclo, e afirma que os primatas nos protegem.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »