Conecte-se conosco

Brasil

Morre ex-deputado federal Arnaldo Faria de Sá aos 77 anos

. Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados, decretou luto oficial por três dias por conta da morte do ex-deputado.

Publicado

em

(Reprodução / Câmara dos Deputados)

Morreu na madrugada desta quinta-feira, aos 77 anos, o ex-deputado constituinte e vereador em São Paulo, Arnaldo Faria de Sá (Progressistas-SP). O vereador, que vinha enfrentando problemas de saúde, estava internado no Hospital Nova Star, na Zona Sul da capital paulista, desde a semana passada.

Eleito 8 vezes como deputado federal, Faria de Sá ocupou as secretarias municipais de São Paulo de Esportes e de Recreação no governo de Paulo Maluf e depois a secretaria de Governo de Celso Pitta. Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados, decretou luto oficial por três dias por conta da morte do ex-deputado.

“Ocupou inúmeras funções públicas e vocalizou com talento e habilidade os temas mais candentes de seu tempo. Deixa o exemplo de um homem público capaz de divergir e convergir com firmeza e flexibilidade, sempre com seu carisma e sua simpatia”, escreveu Lira em uma rede social.

Também por rede social, o deputado Eduardo Bolsonaro disse: “Infelizmente faleceu o professor, advogado e ex-deputado federal com quem trabalhei na legislatura 2015-2019, e atual vereador de São Paulo Arnaldo Faria de Sá. Conhecido por defender aposentados, pensionistas, idosos e não ser politicamente correto na defesa dos policiais. Que Deus conforte a família”, escreveu ele.

O presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Milton Leite (PSDB), lamentou a morte do vereador, destacando a luta de Faria de Sá pelo direito de idosos, aposentados e pensionistas.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.