Brasil

Novos aparelhos produzidos no país poderão sintonizar mais rádios FMs

Frequência modulada será estendida no país a partir de 2020

Foto: Reprodução

 

Os novos aparelhos de rádio em produção na indústria no Brasil vão poder sintonizar mais canais de frequência modulada (FM). O propósito é que os ouvintes possam sintonizar mais emissoras na banda FM, que será estendida no próximo ano para acomodar a migração das emissoras AM para o FM.

A banda, que atualmente funciona dos 88 aos 108 MHz (mega-hertz), vai passar a ser dos 76 aos 108 MHz. Esses 12 MHz extras foram obtidos com a desativação da TV analógica e correspondem aos antigos canais 5 e 6 da TV aberta antes da digitalização. Há estudos na Anatel que preveem espaço para até mais 30 emissoras com a ampliação da banda.

A migração das emissoras AM para o FM está prevista em lei desde novembro de 2013 e atende ao pedido dos radiodifusores que se queixam da queda de qualidade do sinal de suas estações que pode acarretar em perda de audiência.

A proposta de nova destinação das faixas de radiofrequência está em consulta pública e pode ser acessada até o dia 16/08,  no site da Anatel.

A agência também realiza audiências públicas para ouvir a sociedade a respeito. A próxima audiência pública será em 5/08, às 10h, na Gerência Regional da Anatel em São Paulo.

A destinação de canais depende do estudo técnico individual e do processo de outorga regido pela Anatel e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

As informações são da Agência Brasil

Comentários
enquete

Vale a pena se tornar vegetariano só para agradar o (a) parceiro (a)?
Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Samba Social Clube
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »