Brasil

Pacientes oncológicos devem manter uso de máscaras

Fundação do Câncer criou o projeto 'Um por Todos' para cuidar e proteger os pacientes oncológicos

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação

A Fundação do Câncer criou o projeto “Um por Todos” para cuidar e proteger os pacientes oncológicos, um dos públicos mais vulneráveis em caso de contaminação pelo novo coronavírus. E uma das formas mais eficazes e simples de aumentar esse nível de proteção, além do distanciamento social, é o uso de máscaras por eles e por seus acompanhantes.

“Um por Todos” é, além de uma campanha de proteção dos pacientes oncológicos em situação de vulnerabilidade, um ato de responsabilidade social. A instituição quer unir o controle do câncer e o a proteção dos pacientes com impacto social e distribuição de renda. Por isso, toda a produção será feita por cooperativas de costureiras do Rio de Janeiro.

Além de proteger os pacientes oncológicos e seus acompanhantes, a ação ajuda a proteger o meio ambiente, reforçando a importância do uso de materiais não-descartáveis, deixando os itens industrializados para uso exclusivo por profissionais de saúde. Além disso, a responsabilidade social e geração de renda faz parte dos objetivos do projeto, pois toda a produção será realizada por costureiras de comunidades do Rio de Janeiro.

É muito simples e fácil doar para o projeto #UmPorTodos. Basta acessar e preencher o formulário com seus dados e escolher a melhor forma para contribuir: cartão de crédito ou boleto bancário.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »