Brasil

Pelas redes sociais, Bolsonaro diz que vacina contra a Covid-19 não será comprada

Presidente desmentiu anúncio feito pelo Ministério da Saúde

Por Redação Tupi

(Foto: Carolina Antunes/Presidência da República)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que a vacina contra o coronavírus produzida pela China “não será comprada” pelo governo brasileiro. A afirmação foi feita em uma publicação no Facebook, na manhã desta quarta-feira (21), após um comentário feito sobre o anúncio do Ministério Público para a aquisição de 46 milhões de doses da Coronavac.

“Presidente, a China é uma ditadura, não compre essa vacina, por favor. Eu só tenho 17 anos e quero ter um futuro, mas sem interferência da Ditadura chinesa”, comentou um internauta. O presidente respondeu: “NÃO SERÁ COMPRADA”.

(Foto: Reprodução)

Outra seguidora também pediu para que Bolsonaro exonere o ministro da saúde, Eduardo Pazuello, já que ele estaria sendo cabo eleitoral de João Doria (PSDB), governador de São Paulo. “Tudo será esclarecido hoje”. “NÃO COMPRAREMOS A VACINA DA CHINA”, voltou a dizer em caixa alta.

Vale lembrar que, esta semana, o Ministério da Saúde assinou um protocolo de intenções para adquirir 46 milhões de doses da Coronavac, durante uma reunião do ministro Pazuello com governadores.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
03 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »