Brasil

Raquel Dodge diz que não irá afastar Deltan Dallagnol

Através de uma nota, procuradora-geral da República informou que o procurador seguirá na coordenação da Lava Jato

Por Redação Tupi

Tomaz Silva/Agência Brasil

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse que a Procuradoria-Geral da República (PGR) não irá afastar o procurador Deltan Dallagnol do comando da força-tarefa da Lava Jato.

VEJA MAIS: Após reportagem sobre Dallagnol, Alexandre Moraes suspende investigação da Receita contra Toffoli

Ontem, o o ministro Alexandre de Moras, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu as investigações que eram conduzidas pela Receita Federal contra 133 contribuintes.

A atitude foi um reflexo de uma reportagem divulgada pelo site The Intercept Brasil e o jornal Folha de S. Paulo, que mostra o procurador Deltan Dallagnol como incentivador de investigações sobre as finanças do presidente do STF, Dias Toffoli. Dallagnol ainda apurou informações na Receita Federal sobre a mulher do ministro Gilmar Mendes, Guiomar Mendes.

Através de um comunicado oficial, Raquel desmentiu que convocou uma reunião de emergência para tratar do assunto e reiterou que não afastará Dallagnol.

“O jornal “Folha de São Paulo”, em sua edição online de 02.08.2019, sexta-feira, publica matéria escrita pela jornalista Thaís Arbex, sob o título “Após requisitar mensagens, STF articula afastamento de Deltan da Lava Jato”, que afirma “a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, tem sido pressionada a determinar essa medida [o afastamento do procurador DeltanDallagnol da coordenação da Lava Jato] a partir de Brasília. Nesta quinta-feira, dia 1º, ela chamou uma reunião de emergência para discutir o assunto.”

A procuradora-geral da República Raquel Dodge não sofreu qualquer pressão de qualquer tipo para determinar a medida de afastamento referida na matéria, de quem quer que seja, e tampouco convocou, ou realizou reunião de emergência para discutir o assunto na quinta-feira (1º) ou em qualquer data anterior ou posterior.

Mais do que isso, esclarece que o princípio constitucional da inamovibilidade é garantia pessoal do procurador Deltan Dallagnol, estabelecida no artigo 128-I-b, de não ser afastado dos processos da Lava Jato, dos quais é o promotor natural, na condição de titular do ofício onde tramitam todos os processos deste caso, e junto do qual atuam os demais membros da Força Tarefa Lava Jato, designados pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

Em suma, a procuradora-geral da República não convocou, nem fez reunião na quinta-feira, nem em qualquer outra data anterior ou posterior, com o propósito de afastar o Procurador Deltan Dallagnol de seu ofício ou da Lava Jato”, dizia a nota oficial da Procuradoria”, dizia a nota oficial.

recomendadas
Comentários
enquete

Guerra das Estrelas: que música você quer ouvir no 'Show do Clóvis Monteiro?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »