Conecte-se conosco

Carnaval

Juliana Souza leva Cidade do Samba ao delírio ao se apresentar em noite de “Esquenta do Carnaval”

Empresária, que pelo terceiro ano consecutivo brilhará à frente da Baterilha comandada pelo mestre Marcelo Santos, desfilou sob aplausos e gritos dos presentes

Publicado

em

Fotos/ Divulgação: Adriano Reis/ Palmer Assessoria de Comunicação

Muitas rainhas e musas passaram pelo “Esquenta do Carnaval” que aconteceu hoje (09) na Cidade do Samba, Zona Portuária do Rio, mas uma delas roubou a cena: Juliana Souza!

A rainha de bateria da União da Ilha  surgiu deslumbrante em um body prata com símbolos  africanas como miçangas, búzios, um trabalho totalmente manual idealizado pela rainha e confeccionado pelo estilista Daniel Zarmano.

Na cabeça, uma coroa inspirada nas criações do estilista internacional Thierry Mugler, trazendo moda ao universo do carnaval:

  “O enredo da União da ilha é atual e necessário. Por isso eu quis fazer homenagem ao povo preto, não é o meu lugar de fala, mas a luta contra o racismo é de todos nós, não precisa ser preto para defender o respeito e a igualdade de um ser humano”, desabafou Juliana. 

    A empresária, que pelo terceiro ano consecutivo brilhará à frente da Baterilha comandada pelo mestre Marcelo Santos,  desfilou sob aplausos e gritos dos presentes que eram só elogios a beleza da Majestade:

  “Gosto de ser elogiada pelo meu bom caráter, apesar de todos os cuidados que tenho comigo sei que a beleza é algo passageiro e eu não quero ser dependente dela. E esta busca pelo corpo perfeito também é algo que me preocupa, vejo mulheres morrendo em busca deste ideal que no fundo não existe. Por isso evito propagar esta ideia. Levanto a bandeira que todas as mulheres são lindas, únicas e poderosas. 

Mas, não nego que fico feliz e que me faz bem receber tanto carinho das pessoas”, alertou a rainha.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *