Carnaval

Paes participa de lançamento de campanha dos blocos e promete ajuda ao Carnaval

Prefeito antecipou que está preparando, junto da Secretaria de Cultura e da Riotur, chamadas públicas e editais para auxiliar os profissionais e as instituições ligadas à folia

Por Diogo Sampaio

Prefeito antecipou que está preparando, junto da Secretaria de Cultura e da Riotur, chamadas públicas e editais para auxiliar os profissionais e as instituições ligadas à folia
(Foto: Diogo Sampaio/Super Rádio Tupi)

O prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM), participou na noite dessa terça-feira (26) do lançamento da ação “Blocos de Rua Unidos Pelo Distanciamento”, no Rio Scenarium, na Lapa, Região Central da cidade. O objetivo da campanha é conscientizar a população para que não haja aglomeração no período em que seria celebrado o Carnaval, cancelado neste ano por conta da pandemia da Covid-19.

“Talvez tenha sido dos gestos ou atos mais tristes que eu tenha tomado na minha vida. Tive de chegar e dizer que não vai ter Carnaval em julho para sair dessa especulação. Se Deus quiser, quem sabe, em julho já podemos estar todos vacinados e podem haver manifestações espontâneas. Mas, a verdade é que muito dificilmente a gente chegaria nessa situação e seria inconcebível ficar nessa expectativa de vai ter Carnaval, não vai ter Carnaval, como é que organiza… E não me refiro só a festa na Marquês de Sapucaí, me refiro aos blocos também. Não é o ato mais feliz das nossas vidas, mas é um ato de respeito à vida, de empatia, de respeito ao próximo. É algo que serve de exemplo para um monte de gente que ainda não se tocou do que está acontecendo”, declarou o político.

Paes também aproveitou para garantir que a Prefeitura irá ajudar aos profissionais e as instituições afetadas pelo cancelamento do Carnaval deste ano. “A gente está preparando pela Secretaria de Cultura com a Riotur algumas chamadas públicas, editais. Estamos vendo como fazer isso de uma maneira mais simples, para permitir que essa indústria cultural e econômica possa sobreviver, passar por este momento de dificuldade. Isso vai valer para escolas de samba e para os blocos”, relatou.

“O poder público vai aportar recursos. É um momento difícil, temos problemas de finança, mas a cidade do Rio de Janeiro vai ser solidária com aqueles que fazem com que a gente tenha o ganho econômico que a gente têm, com quem sustenta a economia desse município, não só no momento da festa do Carnaval, mas também ao longo de todo o ano. Essa sensibilidade, essa percepção, podem ter certeza que existe desse lado”, garantiu o prefeito.

Durante o evento, Eduardo Paes recebeu ainda uma camiseta da campanha. Os blocos também entregaram a ele um termo de compromisso, no qual prometem promover, juntos, o melhor carnaval da história em 2022.

“Contem comigo e saibam que esse ato será inesquecível. Que porcaria que sou o único prefeito da história do Rio de Janeiro que vou governar durante um ano sem Carnaval. Porém, podem ter certeza que a gente vai compensar isso muito ano que vem. Vamos fazer o maior e mais longo Carnaval da história dessa cidade”, afirmou.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Fevereiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »