Conecte-se conosco

Ciência

Dia Nacional do Homem: Especialistas orientam sobre cuidados com a saúde

Data é diretamente ligada ao incentivo à prevenção de doenças e promoção da saúde masculina

Publicado

em

Dia Nacional do Homem: Especialistas orientam sobre cuidados com a saúde
Dia Nacional do Homem: Especialistas orientam sobre cuidados com a saúde

Celebrado no Brasil desde em 15 de julho desde 1992, o Dia Nacional do Homem é diretamente ligado ao incentivo à prevenção de doenças e promoção da saúde masculina. Médico do CDPI, Romulo Varella destaca cuidados básicos, porém importantes para uma longevidade saudável.

“Esse é o dia de lembrar que saúde não é só ausência de doença. É a promoção de uma vida saudável. O que se faz todos os dias como uma alimentação equilibrada, exercícios físicos regulares, evitando doenças crônicas que afetam a qualidade de vida”, destaca. “É importante lembrar homens que tem mais de 50 anos, principalmente com histórico de câncer na família devem estar atentos, ir ao urologista”, orienta Romulo.

Romulo Varella, Médico do CDPI (Foto: Divulgação)

O lembrete no calendário é uma oportunidade para refletir sobre a saúde masculina. Rosita Fontes, endocrinologista e médica do laboratório Lâmina, destaca que os homens são resistentes a procurar os serviços de saúde. “A mulher, namorada, a família insiste, mas há uma resistência e em alguns casos eles só vão quando a situação é grave. O Ministério da Saúde dá uma atenção especial a este tema com recomendações sobre doenças mais prevalentes na população masculina. Com recomendação de exames de rotina como hemograma, EAS de urina, exame de fezes e da glicose no sangue”, lembra a médica. Há ainda recomendação do PSA que mostra alterações que podem indicar problemas da próstata. “É importante prevenir. Caso o homem já tenha alguma alteração no exame que mostre necessidade de controlar o colesterol, por exemplo, é possível cuidar. E quando exames do coração detectam precocemente alterações do sistema cardiovascular, podemos prevenir enfartos, derrames e tratar problemas precocemente. Quem tem diabetes ou pressão alta deve sempre levar estas questões ao médico”, ressalta Rosita Fontes.

Rosita Fontes, endocrinologista e médica do laboratório Lâmina (Foto: Divulgação)

Cânceres mais comuns nos homens

De acordo com o Ministério da Saúde, além do câncer de pele não melanoma, que é o mais comum em homens e mulheres, os cânceres de próstata, colorretal e traqueia brônquio e pulmões são os mais comuns em homens. Prevenir é garantir uma vida mais saudável e feliz.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.