Ciência e Saúde

Especialista em cabelos conta como descobrir método de tintura ideal

Andrea Vilela, do salão Espaço Annamar, fala sobre como tingir os cabelos com o mínimo de danos possíveis

Por Redação Tupi

Toda vez em que decidimos mudar a coloração do cabelo e fazer uma reforma radical no visual, devemos procurar saber o que é ideal para cada tipo de fios. A especialista em cabelos do salão Spaço Annamar fala sobre as opções mais utilizadas para mudar os tons do cabelo, além das técnicas feitas para suavizar os danos da tintura.

Andrea conta como podemos descobrir o tom perfeito quando for pintar o cabelo, uma dúvida que a maioria das pessoas tem e muita vezes cometem erro ao escolher a cor.

“Deve-se observar a tonalidade da sua pele, pois morenas tem a pele mais quentes e pessoas claras tem tom de pele frio, por isso fazer uma escolha de tom e cor que combine e valorize isso”.

Questionamos a especialista sobre como podemos minimizar os danos causados pela coloração única, e produtos de qualidade é a melhor opção.

“Para que possamos diminuir os danos causados pela coloração, em primeiro lugar temos que escolher um produto de boa qualidade e depois realizar periodicamente cronogramas capilares”.

Sobre tonalizante e tinta permanente, ela conta como sabemos qual é a melhor opção em cada caso e já destaca que a diferença está na textura dos fios.

“Tonalizantes são mais indicados para cabelos sensibilizados, com texturas finas e que tenha sofrido algum processo de química. Coloração permanente é ideal para cabelos com fios mais grossos, brancos resistentes e cabelos normais”.

Andrea fala para gente a diferença entre finalização e maturação, técnicas bem conhecidas nos salões e acrescenta ainda os tipos de coloração mais utilizadas pelos profissionais.

“Finalização é uma técnica usada com produto para obter resultado mais intenso e duradouro, muito utilizado pós descoloração. Maturação tem a função de neutralizar tons indesejados ou para tirar o efeito amarelo dos cabelos loiros ou grisalhos. Quanto aos tipos de coloração, existe uma infinidade de produtos, porém os mais usados hoje são tonalizantes, colorações permanentes, rena e máscaras finalizadores”, diz ela.

A especialista em cabelos desmente o famoso mito de adicionar tintura em cabelos que já passaram por outros processos químicos e diz ainda que o uso frequente de tintura não faz cair cabelo.

“O cabelo que passou por processo químico pode ser tingido, desde que seja observado com muita atenção a elasticidade e a porosidade dos fios de cabelos e com um espaço de dias para o processo químico. O uso frequente de tintura não faz cair cabelo, o que pode ocorrer é um ressecamento maior quando não se tem o hábito de cuidados de tratamentos”.

Andrea Vilela finaliza contando qual o processo para quem tem cabelos escuros e quer chegar ao loiro.

“Para que não haja quebra nos fios e seguirem saudáveis deve ser feito aos poucos o processo e gradativamente”, encerra ela.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Fevereiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »