Brasil

Universidade do Ceará vai doar pele de tilápia para tratamento dos queimados em explosão no Líbano

A pele de tilápia é pesquisada nos últimos anos como curativo para cuidar de queimaduras de segundo e terceiro graus

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução/UFC)

Os pesquisadores da Universidade Federal do Ceará anunciaram, nesta quinta-feira, que podem enviar todo o estoque de pele de tilápia disponível na instituição, 40 mil cm², para ajudar a tratar queimados na explosão que ocorreu em Beirute, no Líbano, na terça-feira. A pele de tilápia é pesquisada nos últimos anos como curativo para cuidar de queimaduras de segundo e terceiro graus.

O estudo da UFC já foi testado nos Estados Unidos e ganhou até mesmo um projeto da NASA para ser enviada ao espaço.  Durante entrevista, os pesquisadores apontaram, porém, que para ser enviado ao Líbano, é necessário que um processo burocrático seja feito entre os dois países.

“Como é um material de pesquisa, os ministérios da Saúde dos dois países precisam se comunicar e autorizarem o envio e o uso”, afirmou o pesquisador Felipe Rocha. Até o momento há o registro de cinco mil feridos na explosão.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Ele & Ela
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »