Coronavírus

Depois de 2 meses, províncias industriais da China retomam produção

Fábricas, empresas e varejistas estavam paralisadas devido à pandemia do coronavírus

Por Bruno Almeida

(Foto: Reprodução)

Depois de dois meses de paralisação quase nacional, as grandes províncias industriais da China retomaram a produção nesta segunda-feira (30/03). As fábricas, empresas e varejistas não estavam produzindo, em razão da pandemia do novos coronavírus.

De acordo com Xin Guobin, vice-ministro de Indústria e Tecnologia da Informação, 98,6% das principais empresas industriais da China retomaram as operações, com quase 90% dos funcionários de volta ao trabalho. No caso das pequenas e médias empresas, mais de três quartos voltaram às atividades. “Grandes províncias industriais como Guangdong, Jiangsu, Zhejiang, Shandong e Fujian estão basicamente reabertas”, falou.

Algumas companhias voltadas para a exportação, no entanto, foram gravemente afetadas pela queda na demanda doméstica e global, afirmou Xi. “Se os problemas não forem resolvidos de forma oportuna e eficaz, essas empresas podem ter dificuldades para sobreviver”, acrescentou.

Entretanto, de acordo com Xin, algumas companhias voltadas para a exportação foram muito afetadas pela diminuição da demanda doméstica e global, o que pode fazer com que venham à falência. “Se os problemas não forem resolvidos de forma oportuna e eficaz, essas empresas podem ter dificuldades para sobreviver”.

Segundo a mídia estatal chinesa, os shopping centers da cidade de Wuhan, onde o surto de coronavírus teve início, reabriram nesta segunda-feira. De acordo com o jornal norte-americano Dow Jones Newswires, a China tem um total de 81.470 casos de coronavírus confirmados.

 

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »