Coronavírus

Diretor do Sírio Libanês fala sobre método que pode fortalecer sistema imunológico contra a Covid-19

Silvano Wendel diz que análise do sangue pode ser o caminho para cura

Por Isaac Santos

Foto/Divulgação

Médicos brasileiros começam hoje (06), a usar o plasma convalescente de pessoas que já tiveram a Covid-19, em experimentos. O plasma é a parte líquida do sangue, onde se concentram os anticorpos. O objetivo é transferir as defesas imunológicas de quem se curou, para doentes internados em estado grave e saber se isso ajuda na recuperação deles.

O médico Silvano Wendel, diretor do banco de sangue do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, que por sinal está com a mulher infectada pela doença, disse que este método será testado e futuramente utilizado em pessoas acometidas pelo vírus. “Esses pacientes serão altamente avaliados, o teste não será feito em qualquer pessoa”, destacou Wendel. Outra novidade dita por ele, é que a partir dessa pesquisa com o plasma, pode ser que surja uma vacina para combater o coronavírus de forma mais abrangente.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Domingo Show
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
12:00 - Bola em Jogo
06:00 - Ele & Ela
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »