Coronavírus

Donald Trump apoia manifestações por fim de bloqueio em estados com governadores democratas

Via Twitter oficial, presidente dos EUA muda discurso, um dia depois, de falar em abertura gradual da economia em todo país

Por Beto Jr

julgamento segue agora para o Senado, de maioria republicana e existe a expectativa de que comece em janeiro de 2020
(Foto: Divulgação/Jim Bourg)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump iniciou, nesta sexta-feira(17), uma série de postagens, em seu Twitter pessoal, defendendo abertamente os protestos da ala mais conservadora contra restrições de distanciamento social nos estados onde grupos de seus apoiadores violaram as ordens de permanência em casa, menos de um dia depois de anunciar diretrizes sobre como os governantes poderiam decidir sobre uma reabertura ordenada de suas comunidades.

Em uma série de “tuits” com letras maiúsculas, Trump declarou ” liberdade Michigan !” e ” liberdade Minnesota !” – dois estados cujos governadores democratas impuseram restrições de distanciamento social que fecharam empresas e escolas e forçaram as pessoas a permanecer em casa.  Ele também “tuitou” “liberdade Virginia!

Os “tuits” de Trump foram um exemplo claro de um presidente incitando os manifestantes.
No início desta semana, mais de 1.000 manifestantes organizados por grupos conservadores criaram um congestionamento nas ruas ao redor do capitólio do estado em Lansing, Michigan, para reclamar que as restrições eram ruins para as pequenas empresas.

Outros manifestantes, que não estavam em veículos, estenderam faixas em apoio a Trump e protestaram contra a governadora Gretchen Whitmer, cantando: “tranque ela”.

Em St. Paul, Minnesota, um grupo que se autodenomina “liberte Minnesota” agendou um protesto em violação às ordens de ficar em casa diante da casa do governador Tim Walz.

A página do grupo no Facebook diz que “agora é a hora de exigir que o governador Walz e nossos legisladores estaduais encerrem esse bloqueio!”

A mensagem de apoio a esses manifestantes, é radicalmente diferente da orientação que Trump deu na Casa Branca na noite da última quinta-feira(16).  Durante uma explanação para repórteres, o presidente divulgou diretrizes que os governadores poderiam usar para decidir quando seria seguro eliminar gradualmente as restrições para minimizar a chance do ressurgimento de uma segunda onda do coronavírus.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »