Coronavírus

Mapa de Risco Covid-19: estado do Rio volta a ter risco moderado de transmissão da doença

Taxa de ocupação de leitos no estado é de 70% para UTI e 46% para enfermaria

Por Redação Tupi

imagem de pessoas andando na rua
(Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

A 45ª edição do Mapa de Risco da Covid-19, divulgada nesta sexta-feira (27) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), mostra que o estado do Rio de Janeiro teve redução de 11% no número de óbitos provocados pela doença e aumento de 6% nas internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG). A análise compara as semanas epidemiológicas 32 (de 08 agosto a 14 de agosto) e 30 (25 de julho a 31 de julho) de 2021.

“Os indicadores precoces também apresentaram indícios de alerta no cenário pandêmico do Estado e as ações referentes ao plano de contingência já foram acionadas. Ele nos permite tomar decisões com mais tranquilidade, como a abertura de leitos” – explica o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

A taxa de ocupação de leitos no estado do Rio de Janeiro é de 70% para UTI e 46% para enfermaria.

Das nove regiões do estado, cinco estão na bandeira amarela: Metropolitana II, Norte, Baixada Litorânea, Centro-Sul e Médio Paraíba. As regiões Serrana e Baía da Ilha Grande estão na faixa laranja. E Metropolitana l e Noroeste estão em bandeira vermelha.

Cada bandeira representa um nível de risco e um conjunto de recomendações de isolamento social, que variam entre as cores roxa (risco muito alto), vermelha (risco alto), laranja (risco moderado), amarela (risco baixo) e verde (risco muito baixo). Os resultados apurados para os indicadores apresentados devem auxiliar a tomada de decisão, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas, conforme o nível de risco de cada localidade.

 



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show da Galera
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
21:00 - Botequim do Mister
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »