Celebridades

Marcão do Povo defende ao vivo na TV a criação de campos de concentração para infectados pela Covid-19

"Presidente, é uma dica: dá um decreto, põe o Exército nas ruas, e aí o governador que descumprir, faz igual tão fazendo com o povo, cana!", afirmou o apresentador

Por Redação Tupi

“Presidente, é uma dica: dá um decreto, põe o Exército nas ruas, e aí o governador que descumprir, faz igual tão fazendo com o povo, cana!”, afirmou o apresentador
(Foto: Reprodução/SBT)

Durante a edição desta quarta-feira do telejornal “Primeiro Impacto”, do SBT, o apresentador Marcão do Povo surpreendeu ao sugerir a criação de campos de concentração para abrigar todos os contaminados pelo novo coronavírus. Ao justificar sua ideia, o âncora citou o caso da China, que levou as pessoas infectadas pela Covid-19 para cidade de Wuhan, epicentro da doença no país.

“Na China, na cidade de Wuhan, pessoas que estavam com sintomas, que estavam com o coronavírus foram levadas e colocadas nessa cidade. Montaram vários e vários hospitais e as pessoas foram tratadas naquele local. Não seria interessante também presidente, atenção presidente, montar um local, o Exército, Marinha, Aeronáutica… Montar um local aonde todas as pessoas que tivessem os sintomas, que tivessem o coronavírus, fossem levadas para esse local e bem cuidadas, bem tratadas ao invés de espalhar da maneira que está sendo aí?”, indagou Marcão do Povo.

Na sequência, o apresentador ainda fez questão de alfinetar os governadores que implementaram medidas restritivas para evitar uma maior proliferação do novo coronavírus, como o fechamento de comércios e o isolamentos de cidades. “Todos os lugares montando, um gasto excessivo, as cidades paradas. Não seria interessante um local só para cuidar dessas pessoas? Não seria interessante pegar, por exemplo, o Exército, Marinha e Aeronáutica e montar um campo de concentração, de cuidado, com equipamentos mais sofisticados, com os melhores profissionais e colocar essas pessoas com problemas, sintomas?”, continuou. “Então, presidente, é uma dica. Dá um decreto, põe o Exército nas ruas, Marinha e Aeronáutica. Aí, o governador que descumprir, faz igual tão fazendo com o povo, cana! Monta um campo, trata essas pessoas lá e o comércio abre e todo mundo vai trabalhar normalmente”, concluiu Marcão.

O comentário causou revolta no público das redes sociais. O termo “campo de concentração” foi um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta manhã e até o momento em que foi publicada essa matéria ocupava a segunda posição nos trending topics Brasil.

Abaixo, veja algumas das reações dos internautas:

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Domingo Show
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
12:00 - Bola em Jogo
06:00 - Ele & Ela
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »