Brasil

Na porta do Alvorada, Bolsonaro se recusa a falar com jornalistas e volta a defender uso da cloroquina

Alguns dos apoiadores presentes no local carregavam faixas em prol da substância

Por Redação Tupi

Alguns dos apoiadores presentes no local carregavam faixas em prol da substância
(Foto: Carolina Antunes/ Presidência da República)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido), conversou com apoiadores na porta do Palácio da Alvorada, no final da tarde deste sábado, e comemorou os relatos de pessoas que afirmaram terem se curado da Covid-19 através do uso da cloroquina. Entre os presentes no local, haviam ainda cartazes com propagandas do medicamento.

Sem querer responder aos questionamentos dos repórteres, Bolsonaro limitou-se a dizer que “toma quem quer” a substância, enfatizando no entanto ser a droga a única possibilidade de cura para a doença respiratória provocada pelo novo coronavírus. A recusa de falar com a imprensa aconteceu um dia após a divulgação da reunião ministerial do dia 22 de abril.

Mais a frente, diante das queixas de agressão feitas pelos cinegrafistas que estavam no local, Bolsonaro interviu. “Faço um apelo para ninguém agredir a imprensa”, pediu o chefe do Executivo.

Antes de entrar na residência oficial, o presidente ainda ouviu alguns agradecimentos de apoiadores. Para os populares presentes no cercadinho, Bolsonaro “defendeu o povo” em suas falas na reunião ministerial divulgada.

Comentários
enquete

Roberto Carlos 80 anos: Qual música do cantor é a sua preferida?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »