Conecte-se conosco

Coronavírus

Panorama Covid-19: indicadores precoces mantêm tendência de queda no estado do Rio

Taxa de positividade dos testes de antígeno e RT-PCR seguem em redução

Publicado

em

Exercício Físico/Caminhada
(Foto: Reprodução/Fernando Frazão/Agência Brasil)

A 11ª edição do Panorama Covid-19, divulgada nessa sexta-feira (29) pela Secretaria de Estado de Saúde, apontou que os indicadores precoces da Covid-19 estão em queda, com exceção do número de atendimentos a casos de síndrome gripal nas UPAs da rede estadual, que apresentou discreto aumento de 6% em relação à última semana, o que indica uma estabilidade, uma vez que na semana anterior houve uma queda de 39%. A análise considera os dados registrados na semana de 18 a 24 de julho.

Na semana de 11 a 17 de julho, a média diária de atendimentos nas UPAs foi de 296, sendo 155 de adultos. Já na semana de 18 a 24 de julho, a média diária foi de 315 atendimentos, sendo 156 de adultos.

“O cenário da Covid-19 no estado segue com tendência de redução. Os dados de atendimentos em UPAs tiveram um discreto aumento, mas compatível com esse período de inverno. É importante que a população continue procurando os postos de saúde para completar o esquema vacinal. Nesta semana, a Secretaria de Saúde recomendou a aplicação da segunda dose de reforço para todas as pessoas com 18 anos ou mais”, ressaltou o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

As taxas de positividade mantêm a tendência de redução. Entre os dias 18 e 24 de julho, foram realizados em média 5 mil testes de antígeno por dia, sendo a positividade de 13%. Em relação ao RT-PCR, estão sendo analisados em média 550 exames por dia, com positividade de 10,2%. Na semana de 11 a 17 de julho, a positividade dos testes de antígeno estava em 15% e a dos exames de RT-PCR, em 14,4%.

As solicitações de leitos para tratamento da Covid-19 também seguem com redução, com uma média de 11 pedidos por dia, sendo 7 para UTI e 4 para enfermaria. A média diária de pessoas aguardando um leito também teve queda em comparação à semana anterior. Na semana de 18 a 24 de julho, foram 9 para UTI e 9 para enfermaria. Importante ressaltar que a fila é dinâmica e, ao longo das 24 horas, pessoas entram e saem dessa fila.

Por meio de nota oficial, a Secretaria de Estado de Saúde garantiu que atua com o plano de contingência da Covid-19 e já reverteu 30 leitos de enfermaria e 57 de UTI no Hospital Estadual Dr. Ricardo Cruz (HERCruz), no Hospital Regional do Médio Paraíba Dra. Zilda Arns Neumann e no Instituto Estadual de Infectologia São Sebastião. O plano prevê a ativação de níveis a partir de determinados cenários epidemiológicos. Com base nesse plano, em cada nível de ativação, são definidas as medidas de enfrentamento a serem tomadas.

Para consultar o Panorama Covid e outras informações, como número de internações, óbitos e taxa de cobertura vacinal, basta acessar o Painel de Monitoramento da Covid-19 clicando aqui.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *