Coronavírus

Witzel volta a criticar postura do governo federal em relação à COVID-19: ‘posicionamento de Mandetta nos surpreende’

Governador disse que está 'estarrecido' com opinião do ministro da Saúde sobre o coronavírus

Por Redação Tupi

Foto: Eliane Carvalho/Divulgação

O governador do Rio, Wilson Witzel, criticou nesta quinta-feira (26) a postura do governo federal e o posicionamento do ministro da Saúde, em relação a proliferação do novo coronavírus no território brasileiro. Diferente do que defendia anteriormente, Luiz Henrique Mandetta disse nesta quarta (25) que as ações utilizadas para o isolamento social contra a doença no país foram “precipitadas”.

A afirmação de Mandetta aconteceu um dia depois de o presidente Jair Bolsonaro pedir, em um pronunciamento em cadeia nacional de rádio de TV, a “volta à normalidade” e o “fim do confinamento em massa”. Witzel afirmou estar espantado com o momento que o governo está fazendo política.

“Estou estarrecido com a politização de uma situação tão grave como essa. Esse novo posicionamento do ministro Mandetta nos surpreende e deixa a sociedade zonza e confusa sobre o que fazer”, criticou o governador, em entrevista à TV Globo.

O ex-juiz federal chamou de “inadmissível” a mudança de opinião do ministro sobre a quarentena, diferentemente das recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Isso é hora de fazer política?”, questionou.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »