Brasil

CPI Covid: Pazuello diz que aplicativo do governo sobre diagnóstico de Covid foi hackeado

Ferramenta servia para que pacientes informassem os sintomas da doença para receber orientações

Por Redação Tupi

Eduardo Pazuello (Foto: Reprodução)

Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, afirmou, durante depoimento na CPI da Covid-19, na manhã desta quinta-feira (20), que o aplicativo do governo sobre diagnóstico da doença foi hakeado. Versão incompleta também foi disponibilizada na rede.

A ferramenta Tratecov servia para que pacientes informassem os sintomas para receber orientações e, segundo Pazuello, o aplicativo foi ao ar antes de estar pronto, por ação do hacker. A plataforma foi retirada do ar dias depois pelo governo federal.

“No dia 10 [de janeiro] embarcamos para Manaus apresentou-se no momento em que estava o desenvolvimento dele [aplicativo], não estava completo porque precisaria colocar todos os CRMs lá dentro, precisaria puxar para dentro dele todos o bojo de pessoas que poderiam contatar. Naquele dia que foi apresentado e foi feita o roubo dessa plataforma e foi feito um BO. Foi roubado e foi feito…Ele foi hackeado por um cidadão”, afirmou o general do Exército.

Pazuello afirmou ainda que o hacker alterou dados do aplicativo e, mesmo assim, disponibilizou na internet.

“Existe um boletim de ocorrência uma investigação que chega nessa pessoa. Ele foi descoberto, ele pegou esse diagnóstico, botou, alterou com dados lá dentro e colocou na rede pública. Quem colocou foi ele, tem todo boletim de ocorrência eu vou disponibilizar aqui. No dia que nós descobrimos que ele foi hackeado eu mandei tirar do ar imediatamente”, argumentou o ex-ministro.

Clique no link e veja o depoimento ao vivo de Eduardo Pazuello.



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »