Brasil

CPI ouve representante de empresa privada que acusa Governo de receber propina

Em fevereiro deste ano, Dominguetti contou Roberto Ferreira Dias, diretor do ministério na época, pediu propina de US$ 1 por cada dose de vacina

Por Redação Tupi

Senado
(Foto: Reprodução / Twitter – Senado Federal)

A CPI da Covid ouve nesta quinta-feira (1º) Luiz Paulo Dominguetti, representante da empresa Davati Medical Supply que diz  ter recebido pedido de propina de diretor do Ministério da Saúde em troca de contrato de fornecimento de vacinas.

Em entrevista publicada na terça (29), Dominguetti contou que em fevereiro deste ano o então diretor de Logística do ministério, Roberto Ferreira Dias, pediu propina de US$ 1 por cada dose de vacina. Conforme a reportagem, a negociação envolvia 400 milhões de doses da vacina da AstraZeneca.

Pouco tempo depois da reportagem, a pasta anunciou a exoneração de Roberto Dias. O ex-diretor negou ter pedido propina e disse que se tornou alvo de retaliação por parte de Dominguetti.

 



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Na Companhia Do Garcia
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »