Capital Fluminense

Comitê Científico do Rio aprova aplicação da terceira dose contra Covid em idosos

Reforço da imunização será feito com as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca a partir de setembro

Por Caio Ramos

(Foto: Reprodução/Prefeitura do Rio)

O Comitê Científico da Secretaria Municipal de Saúde do Rio aprovou, nesta segunda-feira (23), a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19 em idosos. A previsão é que as doses de reforço comecem a ser aplicadas a partir de setembro, em paralelo à imunização dos adolescentes.

Segundo a Prefeitura, a aplicação extra seria com doses da Pfizer e da AstraZeneca, independente do primeiro esquema vacinal. Em um cenário de escassez de doses na capital fluminense e um aumento do número de mortes de pessoas com mais de 60 anos no estado, o prefeito Eduardo Paes afirmou, na última sexta-feira (20), que prefere aplicar a dose de reforço nos idosos antes de antecipar a segunda dose dos jovens adultos.

No entanto, antes de ser colocada em prática, a dose de reforço precisa do aval também do Ministério da Saúde, responsável pela logística de distribuição de vacinas. Na semana passada, o ministro Marcelo Queiroga afirmou que “é consenso” a necessidade da aplicação da terceira dose, mas que o país precisa, primeiro, avançar na segunda dose.

Na cidade do Rio, segundo dados da Prefeitura, 94% dos cariocas adultos receberam a primeira dose e 45% já estão completamente imunizados. Entre os idosos com 60 anos ou mais, a taxa de vacinação é de quase 100%, porém, cerca de 42 mil pessoas dessa faixa etária ainda não voltaram aos postos para receber a segunda aplicação.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »